Home » Manchete, Notícias

PROJETO CAPACITAR: Realizadas as 4ª e 5ª Fases em Governador Valadares/MG

4 de outubro de 2011 1.252 visualizações Nenhum Comentário Imprimir este artigo Imprimir este artigo

Aconteceu em 01/10/11, às 0900 horas no Auditório do Colégio Estadual, em Governador Valadares/MG, mais um momento importante do Projeto Capacitar: Multiplicando Formadores de Opinião.

A Ilustre Superintendente Regional de Ensino em Governador Valadares, Sra. Sandra Márcia Ferreira, fez a abertura do evento, deixando transparecer seu entusiasmo e confiança em torno do projeto, que contou com a participação de inúmeros professores da Rede Estadual de Ensino e profissionais de setores ligados à defesa da Criança e do adolescente e direitos humanos. Os presentes assistiram a uma brilhante palestra ministrada pelo excelso Professor, Delegado de Polícia e Presidente do Conselho Municipal dos Direitos Humanos, em Valadares, Dr. Marcos de Alencar Miranda.

O Delegado Regional Dr. Jeferson Botelho disse ser uma honra participar desse projeto que nasceu vitorioso, equiparando-o a uma águia que segue livre seu voo em busca de objetivos altaneiros.

Em suas palavras, enfatizou:

“Vários motivos me levam a fazer essa afirmativa, mas a causa principal é a força unívoca de Instituições sérias e comprometidas com o bem-estar social, uma prova inconteste e irrefutável desse nosso desafio em Governador Valadares e região.”

E continua: “Hoje é mais um dia muito especial para a Polícia Civil de Minas Gerais, em Governador Valadares/MG. Especial porque no caminho da construção do conhecimento, se junta à educação para trilhar o caminho dos direitos humanos e da cidadania.

Temos a honra de ter firmado parceria com a SRE, por meio do Projeto Capacitar, que tem a função precípua de capacitar profissionais da área de ensino, como multiplicadores de formação de opinião nas áreas sensíveis de prevenção ás drogas, na navegação segura na internet, questões ligadas à violência familiar e doméstica, avanços e retrocessos nos 20 anos do ECA, direito e cidadania, direitos humanos e outros temas sociais.

Estes temas são desafios da chamada sociedade moderna: na segurança pública saímos do tradicional furto, homicídio, para buscar soluções de enfrentamento ás grandes quadrilhas organizadas, ao branqueamento de bens, evasão de divisas, crimes cibernéticos e as ações de luta contra as várias fobias. Na educação saímos do tradicional português, da matemática, da biologia, para vivenciar o bullyng, as agressões a professores, diretores, genocídios de alunos, suicídio de crianças e armas de fogo em sala de aulas.

Neste dia, realizaremos as 4ª e 5ª fases do Projeto denominadas Direitos Humanos e Cidadania, e teremos uma palestra com o culto e festejado Delegado de Polícia e Professor Universitário, Dr. Marcos de Alencar Miranda.

Como se sabe Segurança Pública é um sistema, e desta forma, se caracteriza pelo complexo de normas e princípios reitores na defesa social, tendo por fim a busca incessante da garantia do desenvolvimento da sociedade e dos direitos fundamentais, exercendo com exclusividade sua atividade constitucional de persecução criminal, sem se afastar da legalidade e da promoção de direitos.

A liberdade é bem protegido pelo Estado, e a partir dela pode-se desfrutar da justiça, da cidadania, e dos ideais supremos próprios da franquia pública. Sabe-se que a cidadania qualifica os participantes da vida do estado, é atributo das pessoas integradas na sociedade estatal, atributo político decorrente do direito de participar do governo e direito de ser ouvido pela representação política, a liberdade é justamente essência do homem, tornando-o cada vez mais livre no instante em que amplia seu domínio sobre a natureza e suas leis objetivas. Então, não tem cabimento a discussão sobre a existência da necessidade, do determinismo ou da metafísica do livre-arbítrio, porque o homem se liberta no correr da história pelo conhecimento e conseqüente domínio das leis da natureza, na medida em que, conhecendo as leis da necessidade, atua sobre a natureza real e social para transformá-la no interesse da expansão de sua personalidade. Neste contexto de mutação, moderno cenário de garantias, de rupturas de paradigmas prontos e acabados, transformação de sintomas abusivos em expressão de magnitude, eis que surge o manto protetor social a Polícia Civil de Minas Gerais priorizando suas ações na luta constante na repressão ao crime organizado, defendendo a sociedade das agressões e ataques aos seus direitos e garantias individuais, fazendo de Minas um Estado garantista e melhor para se viver.

Para finalizar, gostaria de anunciar a todos que duas notícias importantes; a primeira é que na terça-feira próxima, dia 04 de outubro, às 16h00min, o Projeto Capacitar será apresentado no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, como modelo de projeto social nascido aqui em GV. A segunda notícia é que no sábado passado, exatamente neste mesmo horário, era publicado no Diário Oficial do Estado a nossa promoção ao cargo de Delegado Regional de Polícia Civil em Minas Gerais. Tamanha honraria não seria possível não fosse a providência divina que me colocou aqui em Valadares, e na minha frente como escudo protetor pessoas bondosas, comprometidas com os ideais de justiça. Se alguém aqui se indignar com qualquer injustiça ocorrida em qualquer parte do mundo, então somos companheiros. Agradeço a todos pelo amor e dedicação em favor da sociedade e pela confiança na Polícia Civil de GV, principalmente quando numa manhã de um dia qualquer aportamos e batemos à porta da Superintendência Regional de Ensino para buscar essa parceria perfeita. Um especial agradecimento ao Centro Interescolar, nas pessoas da excelsa diretora Ivonete e da educadora Elisa costa.

Meus sinceros agradecimentos aos demais servidores da Educação e a todos os policiais civis em GV, aqui peço licença para citar meu ilustre Chefe de departamento, Dr. Valmir de Paula Ramos, ao Dr. Pedro Henrique Cunha, que hoje é Titular da Delegacia de Buritis, um reconhecimento especial ao jornalista e investigador de Polícia, Willises Januário Rosa, ao assessor Robson Mourão, ao escrivão de polícia Guido, ao brilhante delegado de Polícia Dr. Marcos Alencar, e a todos que tem contribuído para este projeto, lembrando que os bons dias nos dão felicidades. Os maus nos dão experiência. Ambos são essenciais para a vida. A felicidade te faz doce. Os problemas te mantem forte. As quedas te matem humilde. O bom êxito de mantém brilhante. MAS SOMENTE DEUS TE MANTEM CAMINHANDO.”

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+

Deixe um comentário!

Faça seu comentário abaixo, ou um trackback do seu site. Você também pode se cadastrar nesses comentários via RSS.

Seja simpático. Permaneça no assunto. Não faça spam.

Você pode usar essas tags HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O Gravatar está ativado. Para ter sua imagem nos comentários, registre-se no Gravatar.