Home » Notícias

Empresário cansado de ser assaltado coloca faixa em loja e pede ‘tempo’ a ladrões na Bahia

18 de outubro de 2009 844 visualizações Nenhum Comentário Imprimir este artigo Imprimir este artigo

"Senhores assaltantes, peço-lhes um tempo… Fui roubado três vezes em 20 dias. Respeitosamente, Cyber Conquista",

 

SALVADOR – Cansado de assaltos, o empresário Pedro Paulo Rocha, dono da lan house Cyber Conquista, em Vitória da Conquista, na Bahia, decidiu fazer um apelo aos criminosos e colocou uma faixa na frente de seu estabelecimento. "Senhores assaltantes, peço-lhes um tempo… Fui roubado três vezes em 20 dias. Respeitosamente, Cyber Conquista", diz a faixa.

Para o jornal "Correio da Bahia", Rocha disse que, após os roubos, ficou sem dinheiro, até mesmo para dar aos bandidos.

– Por favor, preciso de um tempo para fazer algum – apela.

" O que mais me marcou nisso tudo foi ver a certeza da impunidade no rosto deles. Não estão nem aí para ninguém, nem para a polícia "

Para Rocha, as três ações criminosas – ocorridas nos dias 4, 14 e 25 de setembro – foram protagonizadas pelos mesmos bandidos. Ele também não tem dúvida que os mesmos criminosos são responsáveis pela onda de roubos a outros comerciantes no município. Por isso, decidiu colocar a faixa para chamar a atenção das autoridades.

– Em vez de só registrar a ocorrência, fui duas vezes até a central de monitoramento de câmeras da cidade e passei a descrição dos criminosos. Ficaram de me dar um retorno. Até hoje, não recebi resposta – conta

Além da faixa, o empresário resolveu adotar outras medidas de prevenção.

– Fechava a loja por volta das 21h30m. Depois, passei para as 20h. Agora estou fechando às 18h30m e ainda assim fui assaltado. Vou fechar às 18h a partir de agora.Vou perder dinheiro, mas preciso me sentir mais seguro – diz.

De acordo com o empresário, os bandidos já estão familiarizados com a loja.

– No primeiro assalto, eles estavam encapuzados. No segundo, só de boné. No último, já vieram de cara limpa e sem armas em punho. Chegaram dizendo que estavam buscando o que era deles – lembra.

Após saquearem a loja e os clientes, os criminosos trancaram todas as vítimas num banheiro.

– Depois que nos trancaram, deram um tiro para nos assustar. Foi o momento mais violento – relembra o empresário.

O empresário agora espera que a polícia prenda os criminosos.

– O que mais me marcou nisso tudo foi ver a certeza da impunidade no rosto deles. Não estão nem aí para ninguém, nem para a polícia. Espero realmente que isso acabe – torce.

 

Fonte: Blog do Sapori

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+

Deixe um comentário!

Faça seu comentário abaixo, ou um trackback do seu site. Você também pode se cadastrar nesses comentários via RSS.

Seja simpático. Permaneça no assunto. Não faça spam.

Você pode usar essas tags HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O Gravatar está ativado. Para ter sua imagem nos comentários, registre-se no Gravatar.