Home » Notícias

Droga feita a partir de solda é achada em rave

26 de novembro de 2009 4.857 visualizações Nenhum Comentário Imprimir este artigo Imprimir este artigo

Operação Corujão localizou evento irregular com maioria de menores, onde havia bebida alcoólica e droga

22/11/2009
Fonte: Adagoberto Baptista

Agência Anhangüera de Notícias

clip_image001

Comissários de menores vistoriam festa rave irregular em Campinas
(Foto: Divulgação)

Comissários de menores que atuam pela Vara da Infância e Juventude (VIJ) de Campinas, com apoio da Guarda Municipal, desmontaram uma festa rave, no Jardim Satélite Íris 1, região Oeste de Campinas. Na denominada “Operação Corujão”, os agentes retiraram do local cerca de 800 pessoas, a maioria de adolescentes, na madrugada de sábado (21/11).

A festa acontecia em uma chácara, atrás do cemitério Parque das Flores, onde os comissários e guardas municipais encontraram muita bebida e embalagens com uma nova droga – conhecida por “pingo de solda”.

Este entorpecente é produzido a partir da solda usada para circuitos elétricos, que é misturada a substâncias que mantêm esta solda líquida, para depois ser cheirada pelos adolescentes. Um adolescente de 15 anos, totalmente drogado, teve de ser levado para o Hospital Celso Pierro, da PUC-Campinas. A festa tinha como público principal jovens de bairros da região Oeste de Campinas, principalmente os próximos à Avenida John Boyd Dunlop e área do Ouro Verde.

Uma mulher, promotora da festa, foi identificada e autuada pela realização da festa com predominância de menores, com venda de bebidas alcoólicas indiscriminadamente e ainda por ter sido achado o entorpecente, além de a rave acontecer sem alvará. “A partir desta autuação, a G.D.S. Precisará comparecer à Vara da Infância para prestar depoimento. Ela terá prazo de dez dias para formular sua defesa em relação à autuação. A situação era grave, por acharmos muita bebida e a droga conhecida entre a garotada como pingo de solda”, afirmou o comissário Arlei Russi.

Os comissários de menores chegaram ao local da festa após dois meses de apuração. “Tínhamos informação sobre a realização desta rave, mas era difícil descobrir o local. Ela era realizada todas as sextas-feiras, mas a divulgação acontecia de forma velada, apenas entre grupos dos jovens”, explicou o comissário Russi. Ele disse que o “fecha” aconteceu na rave a partir da meia-noite e meia (de sábado), quando o número de convidados era grande. Trinta pessoas, entre comissários e guardas municipais, em nove viaturas, foram para a frente da chácara e bloquearam o local. A ação foi até as 6h.

Durante a “Operação Corujão”, os frequentadores da festa, designada Mandala, foram, inicialmente, separados entre adultos e adolescentes. “Foi preciso, aos poucos, liberar os adultos. Quanto aos adolescentes, foram entregues a familiares, da porta da chácara mesmo”, explicou o comissário Russi.

Os comissários, com mandado de busca e apreensão, entraram na chácara Líder, alugada pela promotora do evento e fizeram uma blitz. Encontraram bebidas, inclusive alcoólicas, pequenos vidros com a droga conhecida como “pingo de solda” e os convites para a festa. Eles verificaram que a entrada para a rave saía por R$ 10, além do pagamento para estacionar os veículos, que somavam em torno de 200. Já cada vidro do “pingo de solda” seria comercializado entre R$ 10 e R$ 30, conforme o tamanho do recipiente.

O garoto encontrado dopado inteiramente apenas retomou a consciência cerca de 4 horas depois de receber os primeiros-socorros. Além das sanções administrativas impostas junto à promotora da festa, o juiz da Vara da Infância e Juventude (VIJ), Richard Pae Kim, pode remeter o caso para apuração em nível criminal, junto à Polícia Civil.

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+

Deixe um comentário!

Faça seu comentário abaixo, ou um trackback do seu site. Você também pode se cadastrar nesses comentários via RSS.

Seja simpático. Permaneça no assunto. Não faça spam.

Você pode usar essas tags HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O Gravatar está ativado. Para ter sua imagem nos comentários, registre-se no Gravatar.