Home » Notícias

Detido no Paraná acusado de liderar o PCC

16 de novembro de 2007 1.454 visualizações 1 Comentario Imprimir este artigo Imprimir este artigo





Untitled Document

PARANÁ | FOZ DO IGUAÇU 15/11/2007 – 11h14

Detido no Paraná acusado de liderar o PCC

por DENISE PARO – GAZETA DO POVO

Um homem acusado de ser um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) nos estados da Bahia, Minas Gerais e São Paulo foi preso pela Polícia Civil nesta quarta-feira (14), por volta do meio-dia, em Foz do Iguaçu (Oeste do estado). Felício Mariano Cruz Júnior, 42 anos, vulgo Felicinho, é apontado ainda como um dos maiores traficantes do Brasil que ainda estava em liberdade e é acusado de ter cometido cerca de 50 homicídios.

Cruz foi detido na companhia da namorada, a jamaicana Sâmara Hawaslla de Aguilar, 19 anos, no estacionamento de uma agência bancária de Foz.

Sâmara, acusada de cuidar das finanças da quadrilha, havia acabado de fazer um saque no valor de R$ 3 mil e voltava para o carro, um Fiat Uno, quando foi abordada. Ela estava sendo procurada pela polícia pelo crime de associação ao tráfico.

Na casa de Cruz, no bairro São Roque, duas pistolas carregadas foram descobertas no fundo falso de uma parede. Diogo Lopes Batista, 20 anos, que estava na residência, foi preso e autuado por porte ilegal de arma de fogo.

Notícia via Gazeta do Povo/Paraná


WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+

1 Comentario »

  • kartielly e Janaina disse:

    Nos orgulhamos de ser alunas de um profissional competente como você!Parabéns você vai longe…(mas espera agente formar)

Deixe um comentário!

Faça seu comentário abaixo, ou um trackback do seu site. Você também pode se cadastrar nesses comentários via RSS.

Seja simpático. Permaneça no assunto. Não faça spam.

Você pode usar essas tags HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O Gravatar está ativado. Para ter sua imagem nos comentários, registre-se no Gravatar.