Home » Notícias

Delegados e agentes da Polícia Civil fazem greve branca em Minas

16 de outubro de 2009 797 visualizações Nenhum Comentário Imprimir este artigo Imprimir este artigo

Delegados e agentes da Polícia Civil de Minas fazem uma greve branca nesta sexta-feira para cobrar reajuste de salário e melhores condições de trabalho. Segundo o Sindicato dos Servidores da Polícia de Minas (Sindpol), todos estão nas delegacias mas só vão atender as ocorrências de prisão em flagrante. Todos os outros atendimentos feitos à população estão suspensos por 24h.
Neste momento, sindicalistas estão na porta da Academia de Polícia Civil (Acadepol) onde fazem uma manifestação com carro de som. Balanço do sindicato feito agora pela manhã dá conta de que só não houve adesão à paralisação na cidade de Governador Valadares. Em outras cidades como Ipatinga, Curvelo, Manhuaçú, Formiga, Guanhães, São Lourenço, Tres Marias, Pará de Minas, Uberlandia, Uberaba, Varginha e Pouso Alegre a adesão é total.
Ainda de acordo com o sindicato, atualmente o salário inicial para agente e escrivão é de R$ 1.775, querem elevar para R$ 4.707; já a remuneração para delegado é de R$ 4.971 e querem aumentar para R$ 10.935. As categorias querem ainda a implantação da exigência do nível superior para os cargos de agente e escrivão; implantação da carreira jurídica; readequação do salário dos servidores do setor administrativo e regulamentação das 40 horas semanais para todos os servidores.
Em nota, o Governo de Minas informa que está aberto ao diálogo e reitera que os trabalhadores das forças de segurança – policiais militares, civis, bombeiros e agentes penitenciários – tiveram entre julho de 2004 e setembro de 2009, reajuste acumulado de 77,54% em sua remuneração básica. Acordo pactuado com a categoria estabeleceu que, nos meses de setembro de 2007, 2008 e 2009, os trabalhadores das forças de segurança teriam reajustes 10% a cada ano. O que foi cumprido integralmente pelo governo do Estado. Junto com o prêmio de produtividade, no último dia 7 de outubro, as forças de segurança receberam em setembro de 2009 a última parcela do reajuste de 30% concedido pelo Governo em 2007.
Em dezembro de 2007 os policiais civis receberam produtividade no valor de 79,2% da remuneração do servidor, descontados os dias efetivamente trabalhados. De 2003 a 2008 a Polícia Civil recebeu cerca de R$ 90 milhões em investimentos do governo estadual, recursos destinados à compra de armas, viaturas, tecnologia de informática e comunicação, reformas e construção, mobiliário.

FONTE: JUSCELINO FERREIRA – TV ALTEROSA

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+

Deixe um comentário!

Faça seu comentário abaixo, ou um trackback do seu site. Você também pode se cadastrar nesses comentários via RSS.

Seja simpático. Permaneça no assunto. Não faça spam.

Você pode usar essas tags HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O Gravatar está ativado. Para ter sua imagem nos comentários, registre-se no Gravatar.