Home » Opinião

Deformidade Jurídica

29 de outubro de 2009 938 visualizações Nenhum Comentário Imprimir este artigo Imprimir este artigo

O Direito perece que não estar nem aí para a sociedade

Tudo o que se muda na lei é para proteger o marginal e sociedade cada vez mais desprotegida.

Tudo hoje gira em torno da despenalização e descarcerização.

Primeiro foi a edição da Lei 9.099/95 que criou as penas alternativas de cestas-básicas.

Se houver a mínima possibilidade do delinqüente ficar preso, que suspenda o processo na forma do artigo 89 da mesma lei.

Se for condenado a pena de até 4 anos de prisão, então meu filho, substitua a pena privativa de liberdade pela restritiva de direito, Lei 9.714/98.

Se não for aplicável a Lei da Cesta Básica, nem a substituição, então suspenda a pena na forma do artigo 77 e ss do Código Penal.

Se ficou preso por um pouco de tempo, diríamos 1/6 da pena, então progrida o regime de cumprimento de pena.

Se cumpriu 1/6 da pena, e se encontra no regime semi-aberto, então saia sete dias de folga para visitar sua família.

Se cumpriu 1/3 da pena, vamos para o livramento condicional.

Se você for traficante de drogas, mas trata-se de traficante bonzinho, de carreira solo, de um traficante bacaninha, então vamos substituir sua pena privativa de liberdade por restritiva de direito, tipo “prestar serviços à sociedade, numa escola de ensino médio…”

Porque negar esse direito, viola a dignidade da pessoa humana, da individualização da pena e da proporcionalidade.

Se você for brasileiro, então amigo perca sua esperança de viver num país sério.

Isso aqui nunca vai mudar.

O Brasil é o país da corrupção, da arbitrariedade, da boçalidade, da preguiça mental, da inveja, do policiamento ideológico, da censura e do pensamento medíocre.

WhatsAppFacebookTwitterPinterestGoogle+

Deixe um comentário!

Faça seu comentário abaixo, ou um trackback do seu site. Você também pode se cadastrar nesses comentários via RSS.

Seja simpático. Permaneça no assunto. Não faça spam.

Você pode usar essas tags HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O Gravatar está ativado. Para ter sua imagem nos comentários, registre-se no Gravatar.