Home » Informações Anti-drogas

Como identificar um usuário de maconha

23 de janeiro de 2007 118.003 visualizações 94 Comentários Imprimir este artigo Imprimir este artigo

COMO IDENTIFICAR UM USUÁRIO DE MACONHA

Professor Jeferson Botelho

Algumas pessoas são mais abertas e sinceras com amigos, familiares e companheiros de escola e lhes contam o fato de estarem usando maconha. Mas a maioria procura não revelar o vício e o mantém em segredo. É mais fácil identificar um drogado entre as pessoas que conhecemos devido à mudanças de comportamento. Mas alguns sintomas de uso de maconha são comuns à maioria dos viciados:

olhos avermelhados, que a pessoa procura disfarçar usando colírio descongestionante;

tosse crônica;

irregularidade menstrual na mulher;

lapsos e falhas de memória;

mudanças bruscas de comportamento;

descontrole do tempo;

reações paranóicas ( acha que �todos estão contra ele�);

variação do humor ( a pessoa passa de deprimida a agressiva sem grandes motivos );

fadiga, letargia, desmotivação e depressão );

dificuldade para se expressar;

mudanças bruscas nos hábitos alimentares );

deterioração repentina do rendimento escolar;

tendência à alienação ( que dá à pessoa um ar de mistério e de tédio );

gastos financeiros inexplicáveis;

problemas de relacionamento com as pessoas e brigas freqüentes com amigos;

interesse por falar sobre drogas ou maconha, às vezes dando ao discurso uma aparência de pura teoria;

comportamento irresponsável;

posse da droga ou de sua parafernália ( papel de seda para enrolar cigarros, por exemplo).

Se uma pessoa apresenta vários desses sintomas combinados, é provável que seja um usuário de maconha.

94 Comentarios »

  • DOUGLAS FABIANO NUNES disse:

    SO TEMOS Q AGRADECER E PARABENIZA-LO PELO TRABALHO Q VC FAZ NA NOSSO CIDADE.

    SEU TRABALHO É UM ESPETACULO PARABENS

  • Cristina Moutinho disse:

    Bom dia dr Jéferson,

    estou “sequestrando” um artigo do senhor por ser muito bom,para veicular no Tribuna do Mucuri Ok?

    grande abraço

    Cristina Moutinho

    obs.: continuo sentindo falta das últimas matérias (blindagem principalmente), pq tem minha participação especial rs rs rs

  • Valença Rudá disse:

    Seja mais racionalista e menos preconceituoso sobre o tetra delta 9 hidro canabinnol …

    um abração…

    ” o seu doutor, não me leve a mal
    consumidor, não me leve a mal…”
    AlfaRudá,
    reggae usuário

  • Jah disse:

    Rei dos Reis, senhor dos senhores, leão conquistador da tribo de JUDÁ!!!
    Jah, Rastafari….

    Ai professor, você ta explanando geral assim cara….
    você esqueceu de colocar o uso em excesso do óculos escuro, uhahiauhia.

    Valew ai !!!
    abraço prfessor

  • júlia castro disse:

    gostaria de ter ajuda , sobre como lidar com o meu filho de 15 anos que está usando drogas, é iniciante me pediu p/ cofiar nele, depois que mandei fazer um exame e deu reagente, mais acho que está continuando a usar. Não sei o que fazer, se prendo ou se tento confiar, me dê dicas por favor de como lidar com esta situação.

  • Larissa disse:

    Eu to gostando mt de um garoto q usa maconha, agente ja fico algumas vezes, eu amo ele, mt mesmo, mas tenho medo com esse tipo de gente q ele anda, tenho medo d ser influenciada, mas n quero q ele saia d perto de mim, eu fumei uma vez, e me senti mtu mal, e ele insisste para q eu fume, n sei o q fazer, por favor, me ajuda

  • Adenir disse:

    Também tenho um filho de 15 que confessou ( pedindo segredo) que usa… Estou “passada” O que faço???

  • Adriana disse:

    Nunca vi algo tão ridículo…
    Por que você não relatou quem usa álcool, que é muito prejudicial a saúde e a comunidade?
    Sou advogada, professora, mestre, escritora e usuária eventual de maconha. Todos os meus amigos médicos também são.
    Estuda um pouco sobre o assunto antes de falar.
    Que tal relatar sobre a cocaína, crack, álcool? Assuntos com mais relevância.
    Fiz um estudo na USP, com cientista, e a maconha não causa dependência física.
    Desculpa professor mas dos seus itens, vamos dizer que quase nenhum se adapta a verdade.
    Abraços.

  • elisandra disse:

    pra mim quem usa maconha não merece respeito nem adimiração de ninguém, haaa e os itens acima se não fecha com seus sintomas ou atitudes é melhor se olhar bem no espelho e rever seus conceitos, se é como vc fala que usa maconha!!!

  • Kaah disse:

    0iie muito obrigado pelas informações elas me ajudaram a identificar que meu irmão estava usando maconha ele mudou muito ele briga a toa o apetite aumento muiot obrigado viu

  • Marcos disse:

    Com Sua Permição

    Postarei esse Topico em meu Blog.

    Informação e Tudo

    Obrigado

  • angelica disse:

    Que triste o depoimento da advogada Adriana, acredito que ela não tenha filhos, descobri hoje que meu filho de 8 anos teve acesso à maconha, percebi seu comportamento agressivo, apetite aumentado, mudanças de humor, e tudo isso acontecendo no condominio onde moro, com toda a segurança e conforto, é triste ter que prender o proprio filho e vê-lo chorar por algo que inocentemente nem ele sabe o que causa e porque precisa tanto. Ver um adulto dependente já é triste imagine ver uma criança e ainda por cima quando é seu filho, e não foi por falta de informação porque eu e meu marido somos formados, somos atentos, mas infelizmente as pessoas que se drogam nunca estão satisfeitas com a propria condição infeliz , eles gostam de compartilhar a sua infelicidade, sua fraqueza, sua triste condição e o pior acham que estão certos e que isso é normal, o que a Dra acima esqueceu de dizer é que pelo uso da maconha que há a escala para outras drogas mais pesadas e também dai começam os interesses pelo alcool, crack, cocaina….. Dra Adriana, a senhora certamente não sabe o que é estar ao lado de uma criança que até pouco tempo atrás era doce, amável e ver ela se transformar num ser agressivo, arredio, se você é um adulto e consome sabe o que está fazendo, mas se é uma criança isso não é normal nem aceitável em nenhum lugar do mundo ver uma criancinha com os olhas vermelhos, fundos, agressivo, assutado, sinceramente não acredito que a senhora compartilhe a maconha com um filho seu ou alguém da sua familia que seja menor de idade e ache isso normal!

  • Jesiel disse:

    Concerteza essa Dra Adriana falou asneira , é como todos os usuários, não aceitam que falem mal da “plantinha” agora me poupe disso ,e você vem com esse papo que a maconha não é prejudicial a comunidade? È como a Angélica citou o uso da maconha é uma escada para as outras drogas.
    Quero uma prova desse estudo que você na USP, conheço pessoas que usam todos os dias e negam ser dependêntes.Relatam que só usam quando querem.

  • Jesiel disse:

    Concerteza essa Dra Adriana falou asneira , é como todos os usuários, não aceitam que falem mal da “plantinha” agora me poupe disso ,e você vem com esse papo que a maconha não é prejudicial a comunidade? È como a Angélica citou o uso da maconha é uma escada para as outras drogas.
    Quero uma prova desse estudo que você fez na USP, conheço pessoas que usam todos os dias e negam ser dependentes.Relatam que só usam quando querem.

  • Sal disse:

    Acho q ninguem deveria tá se preucopando com os usuarios de maconha pq nao tem sintomas de agressão. agora mistura, maconha, alcool, e outras coizitas a mais ta loucuras mais se vc já usou Dr. vc sabe disso, se nao usuo nao fale oq vc nao senti. sem recentimentos fiquem todos na santa paz de Jah

  • Alex disse:

    Que vergonha!! Uma tal de Adriana que se diz advogada, professora,mestre, escritora com estas palavras acima! Eu acho que ela não é nada disso aír. Eu acho que ela é uma traficante desqualificada que ja esta perdida e agora que que os outros tambem se percão!
    Parabens Dr. as suas esplanações etão sertissima abr. Alex de Aracaju-SE.

  • PACIFICO disse:

    Concordo que prejudica porem nao torna o usuario um marginal.É tipo um freio de mão na vida pois o usuario fica tão sussegado que não quer fazer mais nada a não ser dar risada e comer.!!!!!!Agora não fica violento,nao rouba pra comprar e muito menos faz mal a alguem que não seja pra ele mesmo.

  • Henrique disse:

    Bom, eu tenho 25 anos e faço uso esporádico (recreativo) de maconha. Nunca usei na infância e nem na adolescencia, a minha primeira vez foi com 22 anos. Não tenho comportamento irresponsável e muito menos brigo. Há coisas que deveriam ser revistas. O álcool, o tabaco e inúmeras drogas “medicinais” estão livremente sendo comercializadas tendo seus impostos atribuidos ao governo (FDP). Essas drogas “lícitas” são muito mais devastadoras que o thc da maconha, onde qualquer criança e adolescente tem acesso. A falta de informação é terrível. Há pais que dão cerveja aos seus filhos e acham lindo! E também tem aqueles pais fumantes de tabaco que acham normal fumar dentro de casa, desrespeitando e até mesmo incentivando o filho ao vício. Foi comprovado que ninguém morre de maconha. O álcool e o cigarro mata! Daí sempre tem alguém que vem e diz: “- Eu bebo socialmente!”, eu também posso dizer que sou um consumidor de maconha socialmente. A maconha não gera dependência química como nicotina, álcool, cafeína, antidepressívos, crack, heroína, cocaína.. e muitas outras por aí. Nunca ouvi falar de um usuário de maconha matar ou roubar para adquirir. Se tiver alguém aqui pra me dizer que já viu isso é porque está confundindo maconha com crack, cocaína.. são pessoas desinformadas. Um dependente de nicotina ou álcool sim pode roubar pra saciar o vício. Sobre a maconha levar a outras drogas isso pode até acontecer, pois como ela não é legalizada (como o álcool e cigarro) sua fonte é na marginalização. Já pensou se o álcool fosse proibido?? Teria muita gente que iria dar lucro em bocas de fumo para comprar bebida fora da lei, pois seria mais uma droga ilegal aumentando os riscos de conhecer outras substâncias ilícitas.
    Um abraço a todos!

  • Rosangela disse:

    Sabe, é muito difícil e doloroso ver um filho que aos 20 anos não trabalha, não estuda, dorme o dia todo, acorda por volta das 18:00 horas, sem comer sai de casa, volta de madrugada comendo tudo o que aparece pela frente, toma banho mas nem sempre, deita e dorme de novo e isso se repete dia após dia, não aceita ajuda, segundo ele não é viciado porque maconha não vicia, fuma maconha, cigarros e bebe com os amigos, é agressivo com o pai e a avó, e acha a mãe muito chata.
    É muito triste mas eu não consigo ajudá-lo, nem sei o que fazer, se sou enérgica fica irritado, fala por cima do que estou falando enfim, se nega a ouvir a verdade, é completamente alheio a vida social.
    Nunca desistirei dele só que nesse momento não sei o que fazer. Eu e seu pai temos picos de hipertensão. Estou perdida, coloquei a vida dele nas mãos de Deus, pedindo que zele por ele e que lhe dê um caminho. Preciso de ajuda.
    Dra Adriana, não importa seus cursos ou diplomas, eu também sou formada e tenho 4 faculdades, sou Bióloga especialista em Microbiologia mas, nada disso tem importância nem para mim por meu filho, nem para você por ser tão incompetente, dependente e escrava desse vício. Sinto muito.

  • romario disse:

    estou do lado da adriana pessoas que querem usar qualquer tipo de substancia quimica ou fazer qualquer coisa mesmo tem que ter consiencia do que se faz. e os pais devem entrar mais no mundo dos seus filhos saber pq eles usam substancias e orienta- los pra que fiquem ciente do que se usa pois acho que alcool,cocaina,crack cigarro e outras drogas industrializadas são liberadas pelo poder publico pq todo esse dinheiro vai para o bolso deles vcs tem que fumar a planta que deus fez não proibir a planta que deus fez isso sim é pecado!

  • Camila disse:

    Discordo completamente desses que defendem a tal “plantinha”, pois os que alegam que não causa dependencia certeza são usarios e não ta no papel da familia e nem da namorada como no meu caso.
    E não vê o quanto as pessoas que esta ao seu lado sofre com tudo isso.
    Eu aconselho ele a nâo usar mas como todos ele diz que não é viciado, mas consome praticamente todos os dias na faculdade, nunca usou na minha frente pois eu peco muito a ele pra não fazer isso ,pois tenho medo dele, por mais q ele não possa fazer nada comigo, mas é o que eu sinto.
    Será Dr.Jeferson que exagero meu sentir medo dele???

  • guilherme p disse:

    se a pessoa fuma maconha e fica ofensiva, braba, altera o comportamento, é pq no fundo, essa pessoa q tem um serio problema, conheço varios usuarios e nenhum deles apresenta raiva ou ofensividade, todos sao calmos e serenos, até em excesso =]

  • Milenah Lima disse:

    Bom primeiramente gostaria muito de agradecer pelos esclarecimetos, estive um pouco tensa ultimamente por dscobrir q um amigo meu é usuario, queria ajuda-lo, para que esse pqno uso q ele faz n acabe se transformando em algo maior ou sem volta”

    obrigada!

  • Andréia disse:

    Olha hoje é a primeira vez que procuro algo sobre o assunto maconha, pq me deparei com uma triste verdade q fiquei sabendo da pior forma ta doendo muito pq minha filha é imperativa e acabei de descobrir por ela mesma depois de pressiona-la pois esta abandonado a escola tentei de todas as formas junto com a direção da escola motiva-la e nada acontecia então coloquei ela contra parede e ela confessou me pediu ajuda e disse q o cheiro não sai da cabeça dela o q faço como ajudo minha filha? Por favor me ajude… Como devo ajudar por onde posso começar? Me oriente pelo amor de Deus te peço socorro… socorro estou sem chão…

  • Andréia disse:

    Esqueci de mencionar ela só tem 13 anos.

  • Randolfo disse:

    Gente!!! Assistam este documentário e tirem as conclusões. Ja tenho a minha!

    Documentário: O SINDICATO (Os negócios por tráz do barato)

    http://www.youtube.com/watch?v=uCiCnEzBPak

  • leonardo disse:

    Gostaria de dizer q apesar de ser usuario “recreativo” axo muito legal as pessoas que não usam e meus concelhos são sem pre para não usarem mas uem usa que é ruim isso nunca vai ajudar! abraços a todos e com certeza esse dr> está fazendo um trabalho muito bom. OBS:as drogas sempre vão existir, agora criança usando, axo que cabe aos pais darem mais importancia as más companias dos filhos e aos adulto axo que cada um é responsavel pelo que faz e isso faz um problemas sómente deles ok vlw

  • leonardo disse:

    desculpem pelos erros meu teclado está uma droga rsrsrsr…

  • leonardo disse:

    Camila o guilherme tem toda rasão completamente docios

  • Dr canabis disse:

    Esqueceu do mais importante…. “ser professor de direito!”

  • marta disse:

    cara gostei muito do que odoutor, fala sobre esse assunto.

  • Carlos disse:

    Essas informações mostradas pelo sr professor estão exageradas. Até parece um pastor falando de maconha.
    Quem disser que maconha faz tudo isso aí que o tal prof tá falando é mentiroso. Não podemos generalizar dessa forma.
    Quem acredita é bem fraquinho da ideia.

  • sandro disse:

    Devemos ter cuidado ao falar da única ”droga” feita pelo Criador.Nunca escutei alguém defender o uso de alcool,cigarro e outras drogas feitas por nós humanos hipócritas.A maconha nada mais é que qualquer outro alimento ingerido por nós;ingerido de mais mata,de menos mata e na medida certa relaxa e acalma.Legalize já

  • william disse:

    eu quero falar com vcs todos que parem com isto d criminar maconheiro porque isto é normal e eu trabalho estudo pago minhas contas e tenho responssabilidade e s seu filho acorda tard isto é porque vc educou eli assim dando d tudo pra eli ecinou eli acer folgado isto não é problema da erva eu fumo e gosto muito e tenho muito orqulho d falar que sou maconheiro cabanda d caretas ultrapassados……..

  • LUIZ NASCIMENTO disse:

    É POSSIVEL PROVAR ATRAVÉS DE EXAMES DE SANGUE OU URINA QUE UMA PESSOA É USUARIO DE MACONHA?
    ME RESPONDAM POR FAVOR.
    MUITO GRATO.

  • tata~~ disse:

    poxa vc é o cara!!!
    eu fumo cannabis há 05 anos e todo é veridico!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Efe disse:

    Estou em pleno acordo com a Adriana! Na minha família temos as 2 situações… Me irmão que fuma maconha a 5 anos, todo mundo sabe… Nunca incomodou ninguém… Sempre tirou notas altas… E tudo mais! E um primo que fuma crack… Bate na mãe nele, Parou de estudar, vive na rua como o mendigo! Fale do crack! O mal do século! A maconha na maior parte do mundo é liberada! Inclusive para tratamento médico! O crack sim merece atenção! Ñ perca seu tempo com peixe pequeno!

  • Claudia Sena disse:

    Bom dia,
    É incontestávela aimportância do assunto. Quando tinha 20 anos, e isso faz um beom tempo, um amigo policial me ensinou a observar os olhos das pessoas para identificar usuários, mas não pela vermelhidão, minimizada com o uso de colírios, mas pela dilatação da pupila que expande até a dimensão da iris, mas em artigos e informações mesmo na internet é difícil encontrar esta informação, que forneceria aos país e não usuários uma forma inconfundível e imediata de identificar o usuário. Alguém conhece algum link?

  • Rafael disse:

    Meu nome é Rafael, tenho 18 anos, sou usuário eventual da maconha, uso des dos 16 anos de idade, fora a maconha, já baforei tinner, lança perfume já tomei extasy, já fumei salvia e já ingeri diversos comprimidos de remédio para obter uma “trip”, já fui pixador(vandalo), já furtei, já bati por besteira, já pratiquei diversos atos ABSURDOS ao comparar com um simples ato de sentar-se bolar seu basiadinho e fumar tranquilo pra por suas idéias no lugar. Sempre fui um garoto bem pasciente, bem alegre, sempre sorri! Independentemente de qualquer situação que já passei na minha vida, meu pai é dependente de alcoól, já vi por diversas vezes ele chegar em casa e bater na minha mãe, meus irmãos e em mim, tenho amigos (IRMÃOS DE CORAÇÃO) internados por usar cocaína e não conseguir sair desse vício, meu avô(o melhor do mundo)! Morreu por causa do TABACO, minha mãe, pelos problemas que tem em casa, é sempre irritada, meu irmão é mais velho nem chega a ficar em casa direito, não sabe nada que acontece em casa. Meu irmãozinho menor, não sabe o que acontece tbm. Eu como usuário apenas de maconha no momento, sou o único na familia em que mesmo se for naquele momento de prazer e euforia no momento da “brisa” sou o único que consigo esbanjar um sorriso do rosto, sabe, eu prefiro mil vezes usar minha maconha e tentar ser “FELIZ” do que enfrentar todos os dias a HORRIPILANTE BRIIISA DA REALIDADE e ficar com uma cara de PORRA que nem todo mundo que só se importa em discutir sobre drogas e se elas fazem tanto mal ou não, e assim, tomando 5 minutos do nosso prazer e felicidade com 24h de ignorancia e desprezos. Todos tem capacidade pra saber o que é ou não melhor pra si mesmo, que tal cuidar do que é IMPORTANTE DE VERDADE e não falar mal das pessoas que por um momento só querem sorrir. OBS: Nunca usei cocaina, crack e etc… Ja bebi dimais(parei) já fumei dimais(estou parando) maconha(sempre que eu precisar eu sei que posso contar com ela). Abraços a todos.

  • Vitor.naPaz. disse:

    Concordo com Adriana,nem todos os itens acima são verdadeiros,se quer saber,com a maconha vc pensa muito mais fluentemente do que vc pensa normal,ela abre sua mente…faz mal,mas não é essa coisa toda,é so não exargerar.Se falarmos bem dela estamos incentivando a maconha e então so podemos falar mal dela?Eu falo sobre a maconha com meus amigos mas não incentivo ninguem a usar,quem quer,que use.
    Nunca vi algum relato sobre alguem que morreu por quausa de maconha.
    Dr. porque vc não fala sobre o Crack e Alcool que são muito piores
    se reclamam tanto do tráfico porque não legalizam para acabar logo com isso?
    Não é porque usamos maconha que a gente vai cair na vida,é so saber usar ela para o seu benefício.Tenho 15 anos e sou graffiteiro e o que me ajudou nas minhas ideias foi a maconha.

    “lembrando que não estou incentivando ninguem a usar, so estou relatando um trecho de minha vida e ate hoje vivo bem mas nem todos podem ter a mesma “cabeça” que outros”

    Vamos pensar um pouco antes de falar sobre a maconha

    LEGALIZE JAH…

  • Marcos disse:

    KKKKKKKKKKKK e num é que tu ta certo! isso tudo ocorreu comigo!

  • alan disse:

    então li todos os comentários e todos estão certos eu sou usuário de maconha a 15 anos estou hoje com 30 anos e gostaria de dizer que a maconha somente a maconha não faz mal algum a sua saude e o que dizem que dela vai pra outra mais forte isso depende de cada um sou usuario de maconha mas não bebo não fumo cigarro não cheiro cocaina não uso crak então pra mim a maconha é só mais uma maneira de ficar relaxado quando eu chego do trabalho e fumo em casa dentro do meu banheiro com tudo trancado tenho um filho de 4 anos ele nunca viu e nunca sentiu o cheiro e se me pergutarem se deixaria meu filho fumar a resposta é não simplismente pela discrimanação que fazem em relação a maconha simplismente poruque ela é ilicita mas se meu filho quiser fumAR cigarro que faço pois isso sim faz mal a saude e não é proibido então esse assunto que faz mal ou naõ faz mal é balela pois tem muitas coisas que era para ser considerado drogas e esta ai vebndendo até para crianças

  • Usuário De Fumo disse:

    Vou fazer um resumo de como enchego isso como usuário e pai!
    Entramos nas drogras e ninguem consegue perceber o problema que são gerados pelos canais de contato com as drogas, como nas propagandas, nos filmes como o comedia americana para jovens, mostrado o garotao e a gata linda dos sonhos de qualquer adolecente, usando drogas de forma engraçada como diversão, tudo é diversão, sexo, drogas e rock- holl.
    Somos jovens quem pode nos empidir, os pais não sabem de nada, e nos podemos conquistar a gata do sonhos e andar ao mundo.
    Já começamos o problema pois pois começamos a enfrentar todos os desafios, começam pelas festas, dependendo do estilo, tem seu consumo de droga.

    Vamos lá o reggae, não precisa nem falar, o pagode, é só pensar no Zeca, musica eletronica é o fim, já derreteu!
    Ai vem o hip-hops nem se precisa comentar (carros, o garotão com 5 mulheres e um carro mais tunado possivel,o funk menores começam dos 8 anos se espelham nas bailarinas do funk, e fazer o que elas falam nas musicas. Senta, senta, senta! até aonde vai chegar?

    A musica de ladrão, pois essa fase é chata, pois de tanto contato com os traficantes da favela onde é adiquirida a droga, você ganha segurança, agora você é um mano, os poh, as mina pah!
    Mas que beleza ehin!

    E onde tudo isso é mostrado??
    Na tv, mas que beleza ehin!
    Que uma oba?, essa pergunta eu fiz a minha professora de etica e legislação ficar de boca aberta. Veja a pergunta?

    Professora como a senhora explica a venda de sedas de diversos modelos, cores e formas, em quase todos os postos de conveniencia de todas as cidades?

    O papel para enrolar a maconha, conhecido pelo nome de seda, vocês que estão lendo podem consultar, nas lojas de conveniencias dos também: Colomi (essa é pra a galera que dura mas te o seu guardado) custa em media 1,00 a 1,50. (50 folhas acho alguns dias). PUREHEMP essa é a melhor tem até do bob marley, o papel para fabricação é todo utilizado da maconha e industrilizado e comercializado em varios países.

    Passa em um conveniencia e pegunta voce tem seda ai?, Escolhe as conveniencias mais chique senão você não encontra.
    Então professora, como isso é possivel, a maconha é ilegal, mas a vender a seda para enrolar a maconha, que é totalmente feita dela é legal pela legislação?

    Bom poderia ficar o dia inteiro mostrando falhas em varios canais que seus filhos podem ter acesso.

    Não condene o usuário e o traficante, o problema são os meios como a ideia de maconha é difundido em nossa sociedade.

    Quer um concelho de usuário e pai, fique sempre do lado do seu filho, e sempre preencha o seu espaço com atividade que deem crescimento pessoal e professional, não adianta levar para igreja ou interna-lo.

    Fique ao seu lado e ajude-o a vencer seus medos e encarar seus desafios! Não de mole para a droga!

    Se ele pedir medicação, peça ajuda a um profissional e acompanhe e lute pelo seu filho, que pode estar escondendo isso, por não saber que você, mãe, pai, tio pode ajuda-lo.

    Procure saber o que seu filho gostaria de conquistar e ser e lute com ele para conquistar, longe das drogas.

    Palavras de um usuário! Não os decriminem e sim o integrem, chame ele para o seu grupo sem drogas. Isso ajuda muito! Mostre as coisas boas, não fale das ruins!

    Vivemos em um mundo com falsos direitos e muita injustiça, não de ouvidos as estes canais também estão corrompidos, faça como o tempo antigo fique com seu filho até consiga se afastar!

    Só as pessoas podem salvar outras pessoas, não descrimine, pense uma solução, já vi muitos venceram pela ajuda das pessoas. A pessoa chega brilha, e consegue todos seus objetivos!

    Para quem quer esperimentar, tem coisas que dão mais tesão, pense nas coisas que você gostaria de ser e conquistar e torne isso a sua drogas.

    As drogas só irão atrasar e complicar suas decisões tomadas durante a sua vida, atrapalha muito seu desempenho e pode acabar por inteiro, até a droga virar um habito diaário em sua vida, fora a decrimincação que você sofrerá. Não queira essa parceria para sua vida, use seu corpo e cerebro para agir!

    Att
    Usuário de Fumo lutando através do emprego e por necessidade!

  • daniel disse:

    a advogada que usa maconha, eh igual a todos que usam… achoq quem usa maconha eh maconheiro neh?

  • Márcia disse:

    Márcia
    OLá pessoal. Li tdos os comentários e ficou claro que tds que defendem a maconha são usuários dela e o pior, ñ admitem os danos(pq no fundo eles sabem que são prejudicados de alguma forma). Outra coisa pessoal, quando o professor Jeferson B. fla de sua pesquisa( com grande conhecimento de causa) ele o faz de maneira genérica e ñ específica. Então qd fala dos prejuízos isso é variável para mais ou menos e de forma diferenciada , pois cada indivíduo é muito diferente do outro. Acredito que cada um age, encara, interpreta, fuma de forma muito peculiar. Agora com certeza os DANOS EXISTEM , mesmo para aqueles que dizem que ñ( talvez queiram até mascarar seu sofrimento, ou então os prejuízos são mais tênues que a falta da droga, ou nainda pro algum outro motivo qua a gente ñ saiba…
    Gostei muito do extenso comentário do “Usuario de fumo”, que se diz ser tb um pai…
    Pois bem, sou uma mãe bem angustiada, por conta de um filho de quase 18 anos que de 8 meses para cá aprox. mudou muito de comportamento. Eu e meu marido decobrimos no início do uso de maconha. Temos conversado muito e ele se mostra obediente e receptivo aos concelhos e diz que parou de usar, mas continua com algumas atitudes que me deixam angustiada e desconfiada; ñ cumpri direito com o horário que estipulamos para chegar em casa, ñ está frequentadno as aulas direito e qd vai nem sempre participa da aula, fuma cigarro de palha(?), ñ controla seu dinheiro, de vez em quando ainda se encontra com aqueles amigos de fumo… alguém pode me dizer algo inteligente que me ajude. Quem sabe vc “usuário de fumo” q escreveu este “artigo” p/ os internaltas.
    Mas, sem dúvida que a maconha é um “droga” disso eu não tenho dúvida, se ñ fosse meu filho e sua família ñ estaríamos com problemas…e nem outros comentaristas…
    Um abraço à todos

  • Deraldo disse:

    Oi boa tarde a todos.
    Não vou falar mal da maconha e nem vou defende-lá,pois a maconha libera o que vc é por dentro,a pessoa que vc é realmente,tipo se uma pessoa usa a maconha e fica agressiva,triste,violenta é pq realmente ela tem problemas,a maconha so feis mostrar como a pessoa é ,conheço varias pessoas que usam e não são assim , pelo contario elas são totalmente passivas e suaves , tem bastante dialogo e trata as outras pessoas muito bem,agora o outro lado disso é pessoas descontroladas e com problemas fazem o uso da maconha para agir errado,ou ter atitudes iresponsaveis e não querer fazer nada,fica prequiçoso,mais isso não é caracteristicas da maconha ,ela não prejudica,ela é uma planta criada Por DEUS, Já usei maconha e sei como é por isso eu falei isso ai,hoje não fumo mais devido a maconha ser injustamente não aceita pela sociedade,e ja mais quero um filho meu usando ,des de que ele seja maior de idade e seja responsavel e cumpra seus deveres,a maconha não é escada para outras drogas, numca foi o que foi é que tem gente que é mente fraca e ai fica sem atividade nem uma ai parte para outras coisas,mais se for uma pessoa que sabe como usa-lá ela realmente não atrapalha em nada,.

    Tenho 22 anos trabalho,fiz o uso da maconha com 20 e so parei com 22 pq vi que a sociedade não aceita, empregos e tals….

  • angelo disse:

    Incrível como as pessoas ainda insistem em falar sem conehcer, sou usuário, minha família sabe, quer saber quem é maconheiro? pergunte. Mas acho melhor cada um cuidar da sua vida, pelo visto a sua não tem nada de muito interessante pra ficar divulgando falácias na internet. Proibicionistas e seu discurso falido. MACONHA É SAÚDE, INDÚSTRIA E LAZER!! a proibição gera violência. Me despeço acendendo um baseado em sua homenagem. #SB

  • paulo disse:

    concerteza o sistema álcool , tabaco e farmacêuticos , banca a confortável vida de luxo do professor jefersom botelho…
    maconha não faz mais mal que álcool e tabaco nunca na vida.. sem + infelizmente as pessoas são alienadas d+

  • Diego disse:

    Você poderia procurar aprender sobre comportamento psicótico, sobre ameaças comportamentais que afetem a sociedade, não perca seu tempo querendo saber se um rapaz fuma maconha, enquanto vivemos com leis falhas que todos sabemos estar erradas, a sociedade estaciona e ficamos condicionados a degradação.

  • Artur de Araujo disse:

    Boa Tarde Professor Jeferson Botelho, vou completar 32 anos em Janeiro, sou usuário de Cannabis a um bom tempo, sou graduado, sou pai, filho tenho minha vida social como de qualquer outra pessoa que não e usuário de cannabis e discordo de suas informações o Sr. como professor deveria estudar um pouco mais sobre o assunto antes de falar sobre, o cérebro de todas as pessoas produz uma proteína muito parecida com a da cannabis o chamado THC as suas informações sobre estão bem equivocada novos estudos nos provam que ela serve mais como remédio do que como droga ate porque maconha nunca matou ninguém mas fica a dica como material de pesquisa o documentário Cortina de Fumaça e Quebrando Tabu, a questão da proibição e definição da mesma como droga foi a simples influencia americana dos produtores de algodão e de petróleo já que a cannabis serve para fazer uma infinidade de produtos como roupa (o tecido de canhamo é muito mais resistente e duradouro) combustível (o oleo de cannabis era usado para iluminação publica) e remédio ate mesmo já se tem estudos com grande êxito no combate do Câncer, Parkinson, Ausaimer, esclerose múltipla dentre outras. Maiores esclarecimentos estou deixando meu email sanar dúvidas de quem porventura possa ter.

    Obs.: Informação e de graça busca quem quer!

    Att. Artur de Araujo

    arturdearaujo@gmail.com

  • joyce disse:

    ROMARIO POR UM INSTANTE ATE CHEGUEI A PENSAR QUE VC ENTENDIA DAS COISAS ,MAS GRAÇAS A DEUS TENHO SABEDORIA.VC NAO SABE O QUE DIZ NAO DEVERIA NEM FALAR O NOME DEUS.PORQUE VC NUNCA LEU A BIBLIA PELO JEITO NÉ POIS NAO SABE NEM DIFERENCIAR O VERDADEIRO DEUS DO DIABO,MAS AINDA BEM QUE VC NAO SABE.deus COM LETRA MINUSCULA NAO É NOSSO DEUS DO CÉU MAS SIM O deus DO INFERNO EU SE FOSSE VC COMEÇAVA A LER A BIBLIA ANTES DE FALAR BESTEIRA.OU VC ACHA QUE DEUS SE ALEGRA QUANDO VC USA DROGAS.VC FOGE DA REALIDADE VC VIVE NA ILUSAÕ.PROCURA DEUS ,MAS O DEUS VERDADEIRO O DEUS DA LUZ NAO deus DAS TREVAS.QUE DEUS ABENÇOE VC.

  • romulo disse:

    eu jah usei muita maconha e nao mudei meu comportamento, a falta de memoria e verdade, mas tem akela a maconha agente consegue parar a hora q quizer, passei 5 anos fumando, apenas dei um tempo num disse q parei rs apenas para estudar e concluir um curso tecnico fiz isso por vontade propria e to ate hoje sem usar mas por que eu quero e se eu quizer posso voltar a usar a qualquer momento q eu sei q consigo a parar a hora q eu quizer e sobre o comportamento agressivo q foi falado ae isso nao eh causado por maconha ela faz eh acalmar e desestressar ela nunca prejudicou me no meu serviço e minha familia soh soube q eu usava pq falei se eu nao fala-se ate hoje eles nem saberiam e se alguem muda de comportamento e fica stressado a culpa com certeza eh de outra droga como a cocaina e muito outras … Peço q estudem um pouco mais com quem jah usou e nao com quem soh ouviu falar em faculdades ou entao de pessoas q nunca usaram soh julgaram sem saber dos efeito e nunca sentiu pra dizer como eh, desculpem as girias de msn pois soh estou comentando e não fazendo uma redação

  • Lucélia disse:

    Eu acredito que só quem esta vivendo com uma pessoa dependente, tem respaldo e experiencia suficientes para falar com propriedade sobre o assunto.Ver uma pessoa mudar completamente seu comportamento e dizer que está feliz, nos torna impotentes. A pessoa que dormia bem, tomava banho, nunca faltava ao trabalho, amava as filhas, passeava com a família, saia com os amigos de sua idade. Hoje chega tarde em casa, se irrita por qualquer questionamento que lhe é feito como por ex.:, onde estava e com quem? Nào tem mais iniciativa para resolver assuntos familiares. Prefere dormir no chão a ir para a cama.Está impotente sexualmente devido ao uso prolongado da droga. Associada a ela ainda tem o cigarro e o álcool, os quais são consumidos diariamente. Se afastou da comunhão que tinha com Deus.Além dos amigos comuns da família. Se maconha não faz mal, é porque quem diz nunca esteve nesta situação de destruição familiar. É bom destacar
    as milhares de pessoas envolvidas no plantio, processamento, transporte, tráfico, e até mesmo os policiais honestos, que estão constantemente colocando suas vidas em risco para combater esta doença. A propósito,dDoença que é adquirida por sua própria vontade. Pois então, os da “tribo de Judá”, os que se auto intitulam intelectuais, poderiam se calar e consumir o que quiserem, sem incentivar outros.

  • Lucélia disse:

    Maconha : uma porta aberta para as demais drogas, sejam as chamadas lícitas e as ilícitas…..

  • Artur Freitas disse:

    Achei o post preconceituoso, colocar a maconha como uma droga é absurdamente ignorante, pra mim esse post representa toda a ignorância de uma sociedade que não reconhece a natureza em si, que degrada os recursos naturais, que só pensa na acumulação de capital financeiro e além de se portar de forma desumana, não respeita a humanidade dos outros. Abram a cabeça, afinal a vida é linda e seres mutilados por esse sistema (como pessoas que pensam a canábis deste modo) insistem em não perceber esta beleza, estipulando o comportamento dos outros, cuidem das suas vidas!

  • a.arauj disse:

    boa tarde, descobri que meu cacula de 15 anos esta usando maconha e estou em panico e om muito medo de ta usando outras drogas nao sei se rezo ou procuro ajuda ate pra mim pois meu mundo acabou parei ate de trabalhar, os sintomas que ele apresenta e esquecimento apetite demais come tudo que ver pela frente e nao conversa com ninguem mesmo tentando ele nao conversa

  • Lia disse:

    Boa noite a todos! A mais de 20 anos atrás, tive um ecperiência de vida, pelo meu irnmão que era usuário de drogas, chegou a ser internado 3 vezes e minha nae me dizia que era pancreatiti.Eu tinha 13 anos na época, hoje estou com 38, e ele com 44 anos, não trabalha, largou o curso superior em direito, vive a base de remédios caros, e têm sindrome do pânico.. Eu segui em frente, tenho filho casei em 2011, estou estudando acabando neu curso superior. etc.
    Se vc me perguntar como foi tudo, lhe direi tim por tim-tim,,me lembro como se fosse hj,,E acho que “mascarar” as coisas não funcionam. uma coisa a pessoa fazer por habitualidade e outra coisa é usar esporadicamente..Só sei que VICIO É VICIO, eu só tenho um que é comer chocolate e beber uma cerveja em casa de sábado, mas fora isso, nenhum.. E Sei que a realidade é dura, lhe cobra,, em qualquer tempo. agora ou mais tarde.. Falo com razão pelo fato de estar realizando coisas com 38 anos que deveria ter feito há muito tempo atrás..
    Não sou careta, já vi gente se prostituindo por drogas,, se vc não for forte, ela te consome mesmo.. Quando sai a noite, eu falava pro povo, que tinha problema no coração e não me ligava nisso, por saber e lembrar do meu irmão.. Mas quando as coisas acontecem, pode se os pais falarem, os irmãos, etc, é algo mais forte do que tudo isso, mas fiquem sossega’dos pois se não querem ajuda, a vida ensina e cobra,
    Mas se quiser “Curtir” eu não sou obrigada a ficar do seu lado,, e faça uma boa viajem caso vc não ACEITE A REALIDADE, E FAÇA PELA FORÇA DA LUTA, PRA MELHORAR ELA.. POIS SÓ DEPENDE DE VC, SE VC QUISER ACORDAR NO OUTRO DIA..
    POIS CONFORME O SÁBIO MENCIONOU,
    ” TUDO NA VIDA PASSA”
    lIA..

    Boa final de semana a todos..

  • marcelo disse:

    angelica execelente depoimento!opniao de quem ja usou maconha tres anos parou por conta propia parei de beber aos 32 anos faço psicanalise a 7 anos,e estou estudando um pouco de psicologia pretendo fazer o curso realmente amaconha e uma droga perigosa e psicotica deve continuar sendo proibida mesmo,esse negocio de que ela e boa e coisa da midia opniniao do meu psiquiatra.

  • carla disse:

    MEU IRMÃO HJ , É UM USUARIO DE CRACK,,ELE COMEÇOU COM A FAMOSA PLANTINHA CHAMADA MACONHA.TEVE UM CASAMENTO COMPLETAMENTE DESTRUÍDO PELO VICIO.ADMIRO AS PESSOAS QUE AINDA DEFENDEM A TAL PLANTINHA!!!!

  • LUCAS disse:

    olha, eu respeito a opiniao de todos primeiramente, e venho falar que sou usuario de maconha a muito tempo, na minha visao o unico que pode julgar se a maconha e prejudicial ou nao e o proprio usuario, se o doutor ai falo que maconha causa agrecividade ele esta MUITO ENGANADO, maconha NAO CAUSA AGRECIVIDADE NENHUMA ! a unica coisa e a confusao dos pensamentos, olhos avermelhados, sensacao de bem estar, fome, coisas bobas e boas, quem fuma maconha nao faz mal a ninguem e nem a si mesmo, eu trabalho o mes inteiro e quem sao voces para recriminar o uso da maconha? eu to comprando com meu dinheiro, do suor do meu trabalho, e nao venham com esse argumento de que eu to financiando o trafico nao, por que se fosse por causa disso o governo ja tinha legalizado o uso, ai ia quebrar o trafico pois de 100% de pessoas que usam droga, 80 % usam maconha e somente maconha, entao se o governo arrecadasse o dinheiro desses 80% de usuarios ele poderia investir na saude publica, seguranca, educação e tal, coisa que e SUPER PRECARIA em nosso pais, e outra, o governo ao invez de se preocupar com nossa saude, saneamento basico, alimentacao, seguranca, ao invez de se preocupar com os bandidos e ladroes assassinos nao, ta ai se preocupando com o jovem que fuma uma erva pra poder ficar tranquilo, pra poder curti um show, isso e uma pouca vergonha, maconha e natural, e uma planta que DEUS criou, como que os homens podem proibir algo que DEUS criou? ate para fins medicinais, ao invez de VOCES cidadoes cobrarem seus direitos, vcs ficam predendo temnpo criticando a maconha, eu falo pra todos voces, EU FUMO, E FUMO MESMO, E NAO ESCONDO DE NINGUEM, cada um tem o livre arbitrio de fazer o que quiser, eu nao presciso levantar teses e dar 100 motivos para defender a maconha, pra mim eu so acho que cada um faz o que quer, pois cada um e livre, do mesmo jeito que tem uns que fumam maconha, tem uns que fumam oregano, e nem por isso ele e proibido, eu nao vo nem entar em detalhes do cigarro e do alcool pois qualquer um sabe que o alcool e o cigarro e pior que maconha, pois o cigarro tem mais de 4000 toxicos inclusive veneno de rato, e o mais engracado que que qualquer um pode fuma, e o alcool? que faz as pessoas brigarem, deixa elas agrecivas, faz elas passarem vergonha, durmi na rua, vomitar etc etc etc, e legalizado, agora quem fuma uma maconha so pra ficar tranquilo e crime? que pais é esse? e outra a maconha NAO E A PORTA DE ENTRADA PARA OUTRAS DROGAS, quem entra pro crack entra por que quer, e nao pq a planta influencia, pq nao influencia em NADA, quem usa outras drogas usa pq quer, eu uso maconha a ANOS e nunca esperimentei outra droga. bom eu tenho milhoes de argumentos para defender a maconha mas vo acabar por aqui mesmo, respeito a opiniao de cada um, assim como eu espero que voces respeitem a minha, eu fumo maconha pq eu quero e por que eu gosto e ninguem tem nada com isso, pq ninguem paga minhas contas, e eu acho bem mais vergonhoso beber alcool e fumar cigarro do que fuma uma maconha, e so isso, fui

  • Karine disse:

    Eu fumo , e acho que esses sintomas estão certos , mas maconha não deixa a pessoa agressiva , bem pelo contrário deixa a pessoa sem ânimo pra fazer nada , e tbm maconha não vicia eu fumo a 2 anos e se eu ficar sem fumar por 1 ou 2 meses eu fico e nem me da vontade de fuma , mas quando tenho fumo toda hora . Sou usuaria e quero mto que legalizem , pq nós somos da PAZ , enquanto nos fumamos os nossos becks , outros estão cometendo crimes por ae , e o pior de tudo é saber que eles fazem o que querem e não são detidos . Enquanto a gente ta na brisa e os homens tão de trás .. Eu Quero Mto Que Ninguém Tenha Preconceito A Ninguém , Pois não se julga o que a pessoa é fisicamente e sim o caráter dela .

  • Cezar disse:

    É dificil comentar um assunto que é recptáculo de “projeções” pessoais da ordem da relação filho-pais,vício-autonomia,legal-ilegal.
    O assunto fica prisioneiro de dramas( ou alegria) pessoais.As pessoas não falam realmente do tema e sim de suas relaçoes ( uma fala do filho, outra do namorado, algmas dão testeminho pessoal, etc).
    Mas,vamos a ele.

    Desde de logo emito a minha opinião sobre o texto do dr.Jeferson: É muito ruim, pois é generico demais, lembrando receita. Os ” sintomas ” apresentados pode ser extendidos a que está com conjuntivite,que acabou de chorar ou está emocionado com algo (olhos vermenhos);alguns citados chegam a ser absurdos ,para não dizer ridículo (com o perdão da palavra) : ciclo menstrual irregular !!!! tosse crônica !!!!!gastos financeiros inesplicaveis !!! Assim não se pode contribuir realmente com a informação DECENTE sobre o uso da maconha.
    Por exemplo,fumar maconha e dirigir ( apesar do usuário contestar) não é aconselhável pois, há muitos estimulos que podem desfocar o motorista. Em estados alterados de consciencia a mente se torna muito receptiva,abrem-se “as portas da percepção”. Ao contrário, para estudar,ler ou ouvir música os efeitos são muitos bons. Nesse ponto, com certeza haverá gritaria histérica porém , devemos lembrar que nossas crianças que acham aulas chatas e outras que realmente sofrem com défic de atenção estão sendo MEDICALIZADAS para obterem maior rendimento escolar.Os filhos são nossos ponto fraco e conflitos relacionais encobertos despertam culpa e ansiedades e nossa autonomia ,experiencia se perde em jargões moralistas e informaçoes que mais atrapalham do que ajudam.
    Enfim, é isso aí …

  • Pai disse:

    Gostaria que pais e mães postassem mais informações sobre os filhos que são usuários de maconha.Meu filho é usuário de maconha há quase 3 anos. a partir de janeiro deste ano ele se tornou uma pessoa muito estranha e briguenta.Já brigamos várias vezes,no tapa mesmo! ele sai e fique de 5 a 9 horas fora de casa. Não sei mais o que fazer. Eu e minha esposa estamos sofrendo muito. Não reconhecemos nosso filho quando ele tinha 13 anos de idade.Ele parece que saiu de si e é muito diferente do que era antes. Não consigo enxergar nele mais a figura do meu filho. Ele se tornou um estranho para todos nós. Não conversa mais comigo, nem com a sua mãe, nem com seus irmão.Estou começando a sentir receio de falar com ele e com medo de sua reação.Desde seus 13 anos eu sempre o advertia para não experimentar nenhum tipo de droga. Já bati nele algumas vezes, mas de nada adiantou.Ele nunca está aberto para o diálogo. O que faço? Respondam-me, por favor.Já tentei de tudo e agora só por Deus, a quem faço orações para ajudar o meu filho e à minha família. Aguardo resposra.

  • Pai disse:

    Gostaria que pais e mães postassem mais informações sobre os filhos que são usuários de maconha.Meu filho é usuário de maconha há quase 3 anos. a partir de janeiro deste ano ele se tornou uma pessoa muito estranha e briguenta.Já brigamos várias vezes,no tapa mesmo! ele sai e fique de 5 a 9 horas fora de casa. Não sei mais o que fazer. Eu e minha esposa estamos sofrendo muito. Não reconhecemos nosso filho quando ele tinha 13 anos de idade.Ele parece que saiu de si e é muito diferente do que era antes. Não consigo enxergar nele mais a figura do meu filho. Ele se tornou um estranho para todos nós. Não conversa mais comigo, nem com a sua mãe, nem com seus irmão.Estou começando a sentir receio de falar com ele e com medo de sua reação.Desde seus 13 anos eu sempre o advertia para não experimentar nenhum tipo de droga. Já bati nele algumas vezes, mas de nada adiantou.Ele nunca está aberto para o diálogo. O que faço? Respondam-me, por favor.Já tentei de tudo e agora só por Deus, a quem faço orações para ajudar o meu filho e à minha família. Aguardo resposra

  • lu disse:

    parabens angelica pelo seu depoimento,vc é uma mãe leoa que luta em defeza de seu filho,não desista jamais deus está contigo

  • claudia disse:

    Bom dia!

    Ola `Professor, parabens por este trabalho que é um desafio para o professor na escola> Como volutantrio na escola, irei fazer um trabalho neste mes na escola AS, sobre DROGAS. Vc pode me ajudar com material voltado a prevencao para adolescentes no ensino fundamental

    Att

  • Tarsila disse:

    Dra. Adriana que tristeza!!! coitados dos seus pais e os pais desses “médicos”, tanto esforço pra formar os filhos e no final da nisso, mas a tristeza é também de todos os brasileiros que de agora em diante estão sabendo que tanto na área de direito quando na de medicina todos usam drogas, por isso a saúde no brasil é tão precária, como uma médico, pode atender um paciente depois de usar drogas?por isso tantos erros médicos, amputações mortes e etc…só temos que lamentar e nos unir contra toda essa sujeira, o povo ainda não entendeu que nós podemos tudo, basta a nossa união em massa.PARABENS DRª ADRIANA!!!! não sei sua idade, mas quando vc tiver com +- 70 anos gostaria que vc colocasse outro comentário contando como está sua saúde e sua aparência,mas um alerta! quando for escrever, escreva em um momento em que vc esteja consciente.

  • Ronise disse:

    A maconha é o caminho para as outras drogas. Não vamos ser ingênuos, se a Dra. Adriana ainda a usa é lógico que é uma bela viciada que não se assume como tal. Sou contra as drogas, elas arruinam a saúde do viciado e de toda a sua família. Sempre vou lutar para que não seja legalizada. Força aos que têm dependentes em casa, é uma luta sem fim.

  • Cauteloso disse:

    Como usuário de maconha a pelo menos 15 anos, se me perguntarem se sou contra essa Droga eu responderia rapidamente que sim, pois as vezes me acho escravo da droga,acredito que eu possa parar quando achar necessário, mas sim já tive alguns prejuízos dos efeitos da droga ao longo desses anos. Que é uma droga leve eu acredito que sim, mas que traz alguns prejuízos a saúde não tenho duvida
    Tenho a certeza que se um adolescente fumar durante sua vida escolar não terá um bom desempenho, pois realmente causa uma confusão de idéias.Posso garantir a todos que não gostaria que minha filha fizesse uso da substância.
    Quanto aos relatos de agressividade não acho que seja por causa da maconha, pois nesses anos todos nunca tive um acesso de agressividade.
    Ainda acho que a saúde mental de um ser humano e a coisa mais importante que ele pode conquistar, e não e com uso de entorpecentes que chegará lá

  • MEIRE DE PAULA disse:

    PESSOAL.
    O LINK ABAIXO É SOBRE UM DOCUMENTÁRIO QUE NA MINHA HUMILDE OPINIÃO, DEVERIA SER PASSADO EM ESCOLAS… E PELO QUE LI SOBRE AS PESSOAS ACIMA, NAS UNIVERSIDADES TAMBÉM!

    http://youtu.be/L44QDZjKNzY

    –>>O filme “Cortina de Fumaça” coloca em questão a política de drogas vigente no mundo, dando atenção às suas conseqüências político-sociais em países como o Brasil e em particular na cidade do Rio de Janeiro.

    “Toda verdade passa por três estágios. No primeiro, ela é ridicularizada. No segundo, é veementemente antagonizada, somente no terceiro estágio, ela é aceita.”

    Através de entrevistas nacionais e internacionais com médicos, pesquisadores, advogados, líderes, policiais e representantes de movimentos civis, o jornalista Rodrigo Mac Niven traz a nova visão do início do século 21 que rompe o silêncio e questiona o discurso proibicionista. <<–

  • rony disse:

    olá eu tenho 19 anos.e começei a fumar maconha quando tinha 15 anos
    hoje por mais que eu tenti parar eu ñ consigo eu consigo ficar dias e até semanas mas sempre eu caiu na tentaçao de fumar ñ sei se um dia eu vou conseguir me libertar desse vicio ,,, eu sei que ele vicia
    quando eu fumo parece que eu raciocino melhor penso e até me enturmo melhor com as pessoas mas quando passa o efeito eu fico caidão chato e ate mais “burro” minha memoria falhou muitas vezez sera que existe tratamento caseiro??? se eu fico em casa eu ñ fumo mas quando eu saio sempre que vejo uma oportunidade eu acabo fumando sera que devo me isolar do mundo p ñ fumar mais???

  • Mariana disse:

    ola doutor a um pouco de tempo venho observando um comportamento agressivo do meu filho sempre que tento dizer alguma coisa a ele ele vem sempre numa defensiva grita nao aceita quando digo que algo nao vai bem ,mente pra prim ,primeiro comecou a fumar depois alguma cerveja tatuagem pircing
    até ai tentei relevar , so que essa semana estava limpando as gaveta dele
    descobri uma caixinha abri vi que tinha um resido verde que cheirava forte perguntei pro meu marido o que era ele disse que era maconha fiquei
    desesperada muito mal depois fui falar com meu filho ele confessou que ja usou umas 4ou 5 veses mas nao sei se ele me disse a verdade ,ele tbm prometeu que nao vai uasar mais mas nao sei se é verdade .
    por favor me oriente o que fazer para ajudar meu filho .por favor que este email nao seja revelado .

  • mari disse:

    tenho um filho de 19 anos que e usuario de maconha desde os 12 anos, ja fiz de tudo para ajudar o meu filho mas ele nao aceita ajuda, para ele e normal fumar maconha como diz ele nao faço mal para niguem . ele trabalha estuda e faz curso. mas eu nunca vou concordar com o corpotamento do meu filho ele esta nas maos do meu mestre jesus cristo e tenho certeza que deus vai fazer uma obra na vida do meu filho nunca desitirei dele dobro o joelho todos os dias e oro por ele .

  • Jonas disse:

    Que merda foi essa que eu acabei de ler! Como assim usuario de maconha fica agressovo? Relate um caso! Lembrando que a maconha nao e porta de entrada para as drogas mais pesadas. Foi feito um estudo com usuarios de crack pelo medico Dartiu Xavier, ele constatou que muitos usuarios sairam do crack apenas usando maconha, por ser uma droga muitas vezes mais fraca e que dificilmente causa dependencia (1 em casa 10 usuarios).

  • ecinedla zinid disse:

    tenho verdadeiro asco de quem se envolve com drogas. são tudo isso ai que vcs falaram e são péssimos para um bate papo. geralmente não se sobressaem nos estudos e são extremamente insensíveis a qualquer conselho e corretivo,já tentei por muito tempo tirar alguém dessa…nunca consegui e o pior de tudo isso é que eles não se consideram viciados e não percebem as mudanças de atitudes. tenho horror a eles e quero distancia sempre!só fico perto de um se eu não souber… caso contrário fujo de toda a aparencia do mal.eles são ridiculos, desprezíveis ,simplesmente representam a escória da sociedade. eeca!!!!!!!!!!!!

  • mariana gaio silva disse:

    oi meu nome é mariana eu já passei por uma situação um pouco pior com meu ex: namorado durante 3 anos,eu tentei de tudo para tentar ajudar ele mas não consegui ele se entrego d fez as drogas…AI terminamos por conta das milhares d mentiras que ele me dizia,e por não demostrar que queria ajuda de ninguém…
    hoje depois de quase 1 ano eu estou namorando com outra pessoa + ele fuma maconha não to conseguindo me dar novamente com os mesmo problemas e mais do que nunca preciso de ajuda pois não quero perde mais um por conta das drogas novamente…como posso ajuda-lo me ajuda por favor…. =(
    obrigado….
    ass:mariana

  • anacelia disse:

    bem, passo por problemas semelhantes a estes, pois tenho um filho
    que não trabalha não estuda não ta nem ai pra nada, quer um carro já virou uma paranóia dele, pois ele dorme o dia inteiro , e a noite sai até demadrugada, come tudo que tiver ao seu alcanse e ainda diz que não usa droga, é agressivo ninguém pode falar nada comele, até já bateu no pai, fica dificil ele tem 25 anos e já tem 4 anos desse jeito, por favor me ajudem, pois sou viuva, preciso ajudar este meu filho de alguma forma.

  • Kel disse:

    Acredito que intolerância aos usuários não leva a lugar nenhum. Achei muito esclarecedora a explanação do Prof. Jeferson. Maconha é droga sim, concordo com quem disse que somente quem tem alguém que ama nesta situação tem propriedade para falar do assunto. Usuário jamais vai falar mal da “plantinha”. É uma erva malvada que destrói lares e relacionamentos. Só porque é natural não significa que é boa, que é de Deus. Há tanta gente que vive na sociedade e não é de Deus, apesar de ser criada por Ele. É triste ver alguém que você ama totalmente dependente dessa substância e, ainda por cima, fazendo apologia a ela, diariamente.

  • lucas disse:

    bom o que eu vejo é muita gente sem informção falando de um assunto desconhecido por eles enquanto a maioria das informações nao veem de fontes confiaveis, eu estudo neurociencia e estudo sobre a planta ja faz algum tempo e vou esclarecer alguns debates, primeiro eu queria defender a doutora adriana q fez um comentario exelente mas foi atacada em pontos que ela nem se referiu, esta claro que ela nao eh a favor do uso cronico e muito menosdo uso por menores de idade.
    segundo topico são esses documentarios incosistentes de q o filho passa o dia inteiro fora e apresenta um mal comportamento, primeiro nao se tem nem como provar que o individuo é somente usuario de maconha, e quando falam que a maconha altera o comportamento isso é um mito, sabemos que pessoas criativas tem a tendencia de serem usuarios de maconha como musicos e grandes escritores, mas uma dica a maconha nao transforma nimguem em um genio muito menos em estrupador.
    agora vem o ponto chave da questao, uma pequena parcela dos usuarios de maconha se tornam viciados, 9% dos usuarios se tranformam em viciados, fazem o uso cronico da planta o que nimguem aqui defende e para deixar bem claro de como esse numero nao é alto eu vou passar outros dados para vcs compararem, alcool 15% se tornam dependentes enquanto o tabaco 35% se tornam dependente.
    bom quando dizem que a maconha é porta de entrada para outras drogas eu acredito que seja um equivoco, se a pessoa ia usar cocaina ela iria de qualquer jeito, mas é natural essa passagem porque tendo em vista que a maconha é a droga mais consumida do mundo, mas todos meus amigos que fumam nao usaram outras drogas e só vao usar a maconha, eu li em um livro que dizer que a maconha é porta de entrada para outras drogas era como dizer que a bicicleta é porta de entrada para o motociclismo, a maioria ja andou de bicicleta antes.
    bom eu posso afirmar que a maconha nao causa todo esse mal para o cerebro como falam, eu posso até reduzir para nemhum dano cerebral em uma pessoa saudavel, claro que temos as exeções principalmente em menores de idade mas nao quero me prolongar, aquela historia de que a maconha mata neoronios vieram de estudos mal feitos com macacos no seculo passado, os ultimos estudos feitos com usuarios a longo prazo com a utilizaçao de aparelhos de tomografia mostram que no usuario de até 10 baseados por dia nao tem nemhum dano cerebral evidente, ela causa sim a perca da memoria curta, que é quando vc vai pedir uma pizza e esquece o sabor mas logo relembra, vc nao esqueceu todos os sabores que existem mas que com o interrompimento do uso isso volta ao normal, em relaçao a legalizaçao eu sou a favor, o estado nao esta no dever de dizer o que eu vou colocar para dentro de mim ou nao, mas é mais do q o seu dever regulamentar, casa voce nao saiba o que é regulamentar e legalizar vale a pena ir no googles depois, enfim eu acredito que o nosso espírito tem uma irresistível tendência para considerar como mais clara a ideia que mais frequentemente lhe serve, entao eu chamo todos para largar essa ideia alienada de ser, de soh olhar o propio umbigo e abrir a cabeça para o q as coisas realmente são pelo amor de deus estamos em pleno seculo XXI.

  • anonimo disse:

    Curso engenharia elétrica na faculdade de tecnologia (FATEC), e ja tenho curso técnico em eletrônica, onde todas minhas notas (aproveitamento) foram superiores a 99%. E sou usuário de maconha. Em uma média, fui metade das aulas como os mais novos chamam, “sequelado”, “burro”. E hoje me considero uma pessoa feliz e de sucesso. No entanto, na época de colégio, repeti 3 anos ao total porque eu bebia… e ficava mal no colégio e nas aulas.

    Fica a dica.

  • Janaina disse:

    Bom o próprio nome já diz é droga porquê não evitar pare e pensse a tantas coizas mais boa nesse mundo.

  • Gustavo disse:

    Se maconha é tão má assim, me digam o porquê da recente liberação do seu recreativa em alguns estados do Estados Unidos?
    As drogas, como cocaína, crack, que deveriam receber essas críticas. Nunca ouvi falar de ninguém que roubava pra comprar maconha, nem que causou um acidente de carro com vítimas.

  • elisangela disse:

    não sei que fazer faz 4 anos que meu filho,usa a maconha agora não quer trabalhAR,sempre foi trabalhador desde 12 anos agora ele tem 20,não sei o que fazer,quando vou chanar sua atenção dizendo que eu não aceito isso ele fica muito agressivo diz que nunca vai deixar defumar e nos acabamos sempre discutindo e ele me ofende e eu tambem,falando palavras afencivas,me ajude ,por favor o que fazer.

  • Rozalina disse:

    OI boa noite,eu estou muito preocupada com meu,filho de 21 anos,ele tem todos estes sintomas,teve uma vez que ele deu uma crise,parecia convulsão mais eu achei muito estranho,levei pra o hospital o medico disse era uma virose,agora eu tô achando que pode ter sido overdose,eu já perdi um filho com 16 desse mesmo jeito,eu já não sei mais o que fazer,eu achava que era só vicio de jogo de internet,mais agora eu vendo esses sintomas tô vendo que tem algo errado,ele já tinha dificuldade de se comunicar com as pessoas agora tá pior,antes ele desenhava muito bem,agora é só DVD e jogo de internet,não se preocupa de arrumar um emprego,não fala de mulher,faz questão de pegar feira,fazendo bico pra não ficar com bolso puro,quando morre alguém,ele nem parece,morreu uma tia nossa ele ia passando na porta dela na hora ele viu nem se ligou,uma amiga minha mandou ele ir pra casa pra avisar ele só chegou em casa de noite,eu fiquei sabendo pelos outros,eu peguntei,ele me respondeu na maior frieza,me ajude pelo amo de DEUS,eu não aguento mais, ele sai de manha não fala comigo chega em casa de noite não dá nem boa noite.

  • Maria Isabel disse:

    Olá, me chamo Maria Isabel, tenho 16 anos, e a maioria dos meus amigos usam. curiosidade e oportunidade nuncame faltou, ja namorei dois amigos totalmentes viciados em maconha, LSD e bebida alcolica. o tempo que fiquei com os dois foi uma experiência mt boa, pois compreendi o pq deles usarem, e foi sim, pela ausência de informação por parte da mãe, poi o pai sempre informou e quando descobriu aceitou, hoje eles tem 17 anos, utilizam carteira de motorista falsa, e usam de tudo pra experimentar mas de lei mesmo é só a maconha e a lsd. sou totalmente a favor da legalização, vários nerds (FDP) contra a maconha falando que é vicioso, mais se deixar passam dias somente no facebook(internet) saindo de lá só pra se alimentar. entendam, tudo na vida é um vicio, mas uns surgem um efeito mais agressivo, ou você acha que não existem pessoas com abstinência de internet, coca-cola, chocolate .. ou ate mesmo de uma atividade fisica ? me poupe, parem de julgar e respeitem! Fiquem na paz !

  • Jussara disse:

    Olá ! Já Namorei um menino que fumava ! fique muito assustada quando ele me comtou … Só era só recreativo , q não ia viciar. . . Fique desesperada . . .terminei mesmo gostando muito dele !

  • Bruno disse:

    Bom não sei se são esses os “sintomas”, mas por exemplo eu que nunca pus um cigarro na boca apresento 80% do que foi dito ai, portanto pode ser que se basearam em adolescentes que fumam, e só de ser adolescente já se apresenta boa parte disso.

  • carol 14 anos disse:

    Eu uso maconha, eu experimentei a primeira vez com 12 anos vários meses depois mais uma vez, maaaaaais meses depois novamente, e então conheci um garoto que virou muito meu amigo e então eu e minha melhor amiga começamos a fumar com ele, a sensação não preciso dizer quem sabe sabe, e quem não sabe e tem vontade faz, ela não te mata, arrisca mesmo pois a vida é assim, querer morrer sem ter feito um zilhao de coisas não é a vida que planejamos, mas é OBVIO que tu tem que ter noção das porcaria que tu vai provar, existe sim drogas que colocam tu pro fim do poço, nunca provei outras coisas alem de maconha, álcool, tinner, benflogin.. mas esse tal meu amigo já provou balinha, maconha,cigarro, alcool, cocaína, tinner, altas porcarias, e digo: não gostei do que vi, pois ele mudou sim, mas não pela maconha, pois ele já era usuário a uns 5 anos, me refiro a essas outras drogas, ele não estuda mais, não trabalha… há vários fatores que levaram ele a provar essas coisas, não foi só burrice, a mãe dele fuma, bebe, cheira, e ela só fala com ele para xinga-lo coloca-lo pra baixo.. alem de não ter um pai presente…
    e gostaria de falar sobre o comentário de uma pessoa ai, eu li que “a maconha mostra como vc é, se vc eh agressivo vc demostra comportamento agressivo, blá la triste é triste” o que não tem NADA a ver por favorrrr, o seu jeito normal é aquele que vc demostra quando esta sozinho.
    Eu admito(!), meu comportamento mudou um pouco, não posso negar, me sinto mais quieta, toda hora penso “ninguém gosta de mim, sou um zero a esquerda” por simplesmente ninguém na sala de aula puxar papo em algum momento em especial, chego sempre depois do horário imposto pelos meus pais em casa, cansaço, tédio, pensativa demais,…
    No inicio era muito boa a sensação de sonho, aquela viagem toda, mas depois de um tempo não estou sentindo todo o efeito lindo, hoje só sinto cansaço, sensação de leveza, alegria.. mas não é como antes! E não é culpa do meu “fornecedor”. E cheguei a conclusão que irei parar a partir de agora, ou pelo menos dar um bom tempo e um dia digo que pretendo voltar (não é um pensamento de quem realmente quer se desfazer da droga, pode perceber, mas eu to de boa, se eu não parar vou diminuir muito). E quem sabe assim não volto a ter aquela minha agitação de antes.
    As vezes me pergunto como seria se eu tivesse não experimentado, mas não ligo muito, passou, a resposta dessa pergunta não mudaria nada no presente.
    E alias, eu nunca fui mal no colégio. E minha memoria não é como antes, tem umas falhas etc pois antes meu apelido era “memória de elefante” hj não pertenço mais a esse apelido, mas nada assim seeeetio

  • Austin W. Grey disse:

    Uma coisa é fumar MACONHA (Natural, plantada e cuidada com todo o carinho) e outra é fumar prensado (que é lixo, adulterado com amônia, ácido de bateria entre muitas outras coisas. Isso sem contar a receita que esse tipo de consumo gera para o crime organizado. E a discussão é bem simples… Quem já fumou um Green de verdade e já sentiu todos os benefícios, é a favor… E todos os IMBECILIZADOS pela mídia corporativa (Largamente patrocinada pela industria farmacêutica) são contra, pois assim como na religião, não têm coragem de provar e tirar a própria conclusão, mas acreditam nas mentiras que os outros lhes contam. Sem mais

  • Si disse:

    Todos nós temos condições de encarar os desafios da vida, e não precisamos de drogas, álcool ou qualquer outra coisa que nos façam fugir da realidade. Tenho visto uma pessoa que amo muito se tornar em uma pessoa totalmente vazia e sem perspectiva de vida por causa da maconha. Antes disso essa pessoa tinha ideais, era feliz e e cheia de vida. É muito fácil ouvir um usuário dizer que é legal, porque essa é a grande fuga para quem é covarde e que prefere se esconder de suas insatisfações destruindo a si próprio e causando uma dor terrível naqueles que os amam, por causa de seu grande egoísmo.

  • Sonia disse:

    Todos deram a sua opinião sobre o uso da maconha e eu concordo com os que repudiam,pois tenho um filho que esta para completar 18 anos e descobri a pouco tempo,já estávamos desconfiados e tive a confirmação dada por ele mesmo ao ser questionado que ele usava para descansar e te digo que o meu mundo caiu,a vontade que eu tive foi de voltá-lo para minha barriga tamanha foi a minha dor.Para ele tá tudo bem,que estou exagerando,que não faz mal para a saúde (natural ele dormir tarde,acordar tarde,faltar às aulas,rejeitar reuniões-festas- de de família) e por mais que eu converse com ele sua opinião não muda e o que resta a mim é continuar conversando com ele tentando mostrar que isto só vai arruiná-lo,pois acredito que a maconha é sim,porta de entrada para outras drogas,pois com o tempo acredito que não fará o efeito esperado, pelo organismo já estará acostumado a ela e ele passar para algo mais forte,pedir diariamente ajuda a Deus e a vários santos e fortificar a minha fé para que eu não caia e fique impossibilitada de ajudá-la.Só quem é mãe para saber a dor que eu sinto .Quanto as reações,sintomas e dependência,isso depende da resposta neurológica de cada pessoa.Não é porque uma pessoa age de uma maneira ou apresentou um certo sintoma que o outro necessariamente se apresentará do mesmo modo.

  • léo disse:

    bom,fumo maconha a 6 anos e sou agressivo sim!Tenho pouca paciencia e dificuldade nos relacionamentos afetivos a maconha não consigo largar pois todos meus amigos são usuários talvez um dia eu largue pq tá caro fuma maconha valeu se eu estiver chapado não fique me olhando muito eu me irrito com facilidade

  • Matheus disse:

    Querem a verdade? Aqui está! Se preferem ficar apegados a mentira, que fiquem! Os que têm problemas com os filhos, abram os olhos cegos, o problema não é a maconha.

  • Leticia disse:

    Faltou o spray desorisador de ambientes no carro.
    Quando fazem festinhas, os usuários saem juntos para um canto para enrolar os baseados. Para saber se um fumante tambem é usuário de maconha, preste atenção se enquanto ele fuma ele costuma fazer uma certa pressão com a boca. Veja como ele pega o cigarro de outra pessoa. Se ele usa o indicador e o polegar é um indício de ser usuário de erva.

    Cocaína: preste atenção se no carro do suspeito vc encontra uma capa de cd sem encarte, com alguma marquinha branca nos cantinhos ou próxima de tubo ou caneta sem carga.

Deixe um comentário!

Faça seu comentário abaixo, ou um trackback do seu site. Você também pode se cadastrar nesses comentários via RSS.

Seja simpático. Permaneça no assunto. Não faça spam.

Você pode usar essas tags HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

O Gravatar está ativado. Para ter sua imagem nos comentários, registre-se no Gravatar.